Notícias do Palmeiras

Enquanto alguns são esquecidos, o ídolo do Palmeiras é homenageado

Por Rafael Pereira

Enquanto alguns são esquecidos, o ídolo do Palmeiras é homenageado

Em noite de sorteio, icônico treinador do Palmeiras é homenageado pela Conmebol

Síguenos enSíguenos en Google News

Luis Felipe Scolari, ou simplesmente Felipão, é um dos técnicos mais vitoriosos e queridos da história do Palmeiras. Ele comandou o Verdão em três passagens diferentes e conquistou importantes títulos, assim como de ter deixado uma marca inesquecível na história do clube. 

 

A primeira passagem de Felipão pelo Palmeiras aconteceu em 1997, quando ele foi contratado para substituir Vanderlei Luxemburgo. O time estava em crise e era cheio de estrelas, mas Felipão conseguiu reorganizar o elenco e levar o Verdão ao título do Torneio Rio-São Paulo daquele ano. Além disso, conquistou a primeira Libertadores do Verdão em 1999.

A segunda passagem de Felipão pelo Palmeiras foi em 2010, quando ele assumiu a equipe no meio do Campeonato Brasileiro e levou o time à Libertadores do ano seguinte. Felipão foi demitido em 2012, mesmo com o título da Copa do Brasil, após uma sequência de maus resultados que culminou no rebaixamento alviverde.

A terceira passagem de Felipão pelo Palmeiras foi em 2018, após a demissão de Roger Machado. O icônico treinador foi contratado para salvar o Verdão e colocar ordem na casa. Na oportunidade, o treinador conseguiu levar o time ao título do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Além das conquistas em campo, Felipão deixou um legado importante no Palmeiras. Ele valorizou a identidade do clube, trabalhando com jogadores da base e dando oportunidade para jovens talentos. Felipão também conquistou a torcida com seu jeito carismático e direto, além de sua liderança dentro e fora de campo.

 

A homenagem para Felipão

Atualmente, no cargo de diretor técnico do Athletico Paranaense, o ex-treinador Luiz Felipe Scolari foi homenageado pela Conmebol antes do sorteio dos grupos da Libertadores, que aconteceu nesta segunda-feira (27). Na oportunidade, Felipão ganhou uma réplica da taça da Libertadores e também da Copa do Mundo, em alusão ao título que ele conquistou em 2002 com a Seleção Brasileira.. 
 


Mais notícias