Notícias do Palmeiras

Essa declaração de Abel Ferreira deixou Ramon Menezes preocupado para o amistoso do Brasil

Por Rafael Pereira

Essa declaração de Abel Ferreira deixou Ramon Menezes preocupado para o amistoso do Brasil

O técnico do verdão disse o que pensa sobre a convocação de três jogadores palmeirenses

Síguenos enSíguenos en Google News

O Palmeiras é o clube brasileiro que mais cedeu jogadores à Seleção Brasileira nessa convocação do treinador Interino, Ramon Menezes. Assim, o goleiro Weverton, o meia Raphael Veiga e o atacante Rony se apresentaram à comissão técnica nesta segunda-feira, e já realizaram as primeiras atividades com o elenco.

Embora, Weverton seja nome constante nas convocações, Raphael Veiga retorna à seleção e Rony chega a primeira vez para vestir a amarelinha. No entanto, o Palmeiras adota cautela ao ceder seus jogadores e pretende monitorar a situação deles durante esse período de treinos para enfrentar o Marrocos no próximo dia 25.

O técnico Abel Ferreira foi questionado sobre a ida dos jogadores e sua opinião sobre a ausência deles nos treinos. Isso porque, se trata de três titulares da equipe, de modo que, o treinador não os terá a disposição para ajustar o time para a final do Campeonato Carioca e para o início das principais competições do ano.

"Aqui há um sentimento misto, de alegria e satisfação por ver nossos jogadores valorizados e na Seleção, isso é fruto de um trabalho coletivo da comissão técnica. E há o outro lado, que é negativo, não ter eles aqui para seguir aprimorando, perceber que tipo de treino vão ter na Seleção. Claro que me preocupa, e vou receber todas as informações do que fizeram nas seleções para quando voltarem poder ajustar rapidamente para estarem preparados para a final.", disse Abel Ferreira após a vitória contra o Ituano.

 

Ramon Menezes de olho nas queixas de Abel Ferreira

Certamente, o treinador da Seleção Brasileira, Ramon Menezes, deve escutar essas queixas com cautela e tentar colocar os jogadores em melhores condições de treino, para que possam performar no amistoso contra o Marrocos, e depois retornarem da melhor maneira para seus clubes, sem queda de ritmo de jogo ou lesões. 


Mais notícias