Notícias do Palmeiras

Palmeiras aceita vender grande promessa em momento delicado, Abel não gostou

Por Rafael Pereira

Palmeiras aceita vender grande promessa em momento delicado, Abel não gostou

Zagueiro deixa o Palmeiras e acerta com o Goiás

Síguenos enSíguenos en Google News

O Palmeiras tem enfrentado uma série de desafios recentemente, com muitos desfalques no time e jogadores do setor defensivo em baixa. Para piorar, a diretoria tomou uma decisão polêmica ao vender uma das suas grandes promessas da base, o zagueiro Matheus Lyrio, para o Goiás.

A venda de Lyrio não foi bem recebida nos bastidores do Palmeiras, pois o jovem jogador poderia ser muito útil no futuro. No entanto, a diretoria parece ter tomado a decisão de vender o atleta para garantir recursos financeiros para reforçar o time. Enquanto isso, o verdão continua movimentando suas categorias de base, trazendo novos talentos e perdendo alguns jogadores. A chegada de reforços pode ser uma boa notícia para a equipe, mas a saída de Lyrio certamente deixará um vazio na base do time.

Com a venda confirmada, o jogador terá a oportunidade de completar sua formação na base do Goiás e, em seguida, ser alçado ao time profissional. Resta agora aos torcedores do Palmeiras torcerem para que a diretoria tome decisões acertadas e que o time consiga se fortalecer para enfrentar os desafios que virão pela frente.

Atuesta sofreu uma lesão grave no ligamento cruzado anterior do joelho direito e deve ficar afastado por um longo período, provavelmente até setembro ou outubro. Bruno Tabata teve uma lesão na coxa esquerda e ainda não há previsão para seu retorno. Já Piquerez sofreu uma entorse no joelho direito e Mayke teve uma entorse no tornozelo direito, ambos também afastados dos gramados. Apesar de o Palmeiras não ter informado o tempo exato de recuperação para cada jogador, é certo que a equipe está trabalhando duro para ajudá-los a se recuperar o mais rápido possível.

 

Muita coisa difícil para enfrentar

Agora, o Palmeiras se prepara para um importante confronto contra o Água Santa na final do Paulista, onde uma vitória seria essencial para manter a confiança da equipe em alta e superar esse momento de dificuldade. Com a derrota por 2 a 1 sofrida na ida, o Palestra precisa ganhar por dois gols de diferença para conquistar o 25º título paulista no tempo normal. Uma vitória simples do Verdão leva a decisão para os pênaltis.


Mais notícias