Notícias do Palmeiras

Vão obrigar a Leila a decidir, não querem mais ele no Palmeiras

Por Rafael Pereira

Vão obrigar a Leila a decidir, não querem mais ele no Palmeiras

Volante vai mal e pedem a demissão 

Síguenos enSíguenos en Google News

A estreia do Palmeiras, que é um dos favoritos a campeão, na Libertadores em La Paz
deixou a desejar. O clube perdeu de 3x1 para o Bolívar no primeiro jogo da fase de grupos do
torneio.

 

Apesar da vantagem inicial, com um gol de Flaco López aos 13 minutos do primeiro
tempo, o Verdão tomou três gols do clube bolivianos, Harvías, Bejerano e Uzeda foram os
autores. Após a partida, Abel apontou duas coisas que interferiram no resultado: a altitude e a
arbitragem. O treinador fez fortes críticas ao árbitro do jogo, Alexis Herrera.

Porém, outro fator também foi decisivo na partida: Jailson. O volante obteve um
cartão amarelo logo no início do jogo e depois outro por colocar a mão na bola, logo, ao final
do primeiro tempo, foi expulso, o que dificultou muito a situação do Palmeiras.
O jogador que vem recebendo bastante espaço na tática de Abel, não está tendo a
melhor das atuações e vem deixando a desejar nos últimos jogos. A torcida vem criticando
Jailson fortemente nas redes sociais, visto que seu salário é muito alto e não agrega em nada o
time.

Ele é o que mais recebe entre os volantes, com um salário de R$500 mil por mês. Com
isso, os pedidos por sua demissão aumentam tanto entre torcedores quanto no próprio
conselho do clube. A dirigente do Palmeiras, Leila Pereira, ainda não se manifestou sobre o
caso.

 

Com ou sem Jailson

O Palmeiras enfrenta o Água Santa no próximo domingo, dia 9 de abril, no jogo de
volta da final do Paulistão. Em 20 de abril, volta para a Libertadores e encara o Cerro Porteño,
do Paraguai.


Mais notícias