Notícias do Palmeiras

Após ataque, a nova fala de ex-presidente do Corinthians que surpreende o Palmeiras

Por Rafael Pereira

Ex-presidente do Corinthians se manifestou mais uma vez

Ex-presidente do Corinthians se manifestou mais uma vez

Síguenos enSíguenos en Google News

Nos últimos dias, o ex-presidente do Corinthians, Mário Gobbi, atacou Abel Ferreira. Com várias falas que foram consideradas agressivas pelo Palmeiras, a situação virou notícia. Agora, para o Fim de Papo, do UOL, o ex-mandatário do rival falou mais do assunto. Dessa vez, disse que o técnico alviverde é o melhor:

Tem só 10 minutos em 2024, o plano de craque do Palmeiras para ser titular

"Na entrevista, a gente estava falando sobre técnicos e eu estava defendendo os técnicos, eu fiz uma tese em defesa dos treinadores, penso que estão totalmente desprotegidos, abandonados e que hoje vigora o princípio de que a culpa é do técnico, não se responsabiliza em nada os jogadores e o elenco, nem direito de pedir multa o técnico tem mais. Os técnicos estão no fim aqui no Brasil. Dentro desse contexto, surgiu a questão do Abel, eu disse que o Abel é o melhor técnico em excelência no Brasil, contudo isto não lhe dá o direito de extrapolar como ele vem extrapolando.

A análise que eu fiz não é dos últimos seis meses. Nos últimos cinco anos, acompanho tudo sobre futebol. Eu fiquei estarrecido com a postura do Abel no banco de reservas, eu acho que não é postura de um profissional, não que ele agrediu fisicamente, mas a agressão é gênero que comporta duas espécies: agressão física e moral. E a moral ele fez muito com vários jogadores de outros times, ele quer apitar jogos, isso eu vejo muito na TV, ele é agressivo, não fisicamente, moralmente com as arbitragens, ele não trata com urbanidade os colegas da imprensa."

Se tem dívida de 25 milhões, a quantia milionária que Palmeiras ganhou em 2023

Palmeiras publicou nota

Após as primeiras falas de Mário Gobbi, o Palmeiras se pronunciou com uma nota. Nela, o clube classificou as declarações do ex-presidente do Corinthians de "irresponsáveis, preconceituosas e de cunho xenófobo".


Mais notícias