Notícias do Palmeiras

Se Endrick passou vergonha com o Brasil, o único culpado da derrota da Seleção

Por Rafael Pereira

Se Endrick passou vergonha com o Brasil, o único culpado da derrota da Seleção

A Seleção Brasileira não conseguiu a vaga para as Olimpíadas

Síguenos enSíguenos en Google News

A Seleção Brasileira Olímpica fez uma péssima campanha no Pré Olímpico. Na 1ª fase, venceu os três primeiros jogos, mas foi derrotado pela Venezuela, por 3 x 1. Além disso, já havia muitas críticas ao técnico, mesmo com as vitórias nas rodadas anteriores. Sem convencer em nenhuma partida, os torcedores já estavam questionando o time.

Novo Endrick e vale R$ 214 milhões, joia do Palmeiras chama a atenção da Europa

Para piorar, na quadrangular, o Brasil perdeu logo na 1ª rodada, para o Paraguai, por 1 x 0. Pressionado, conseguiu derrotar os venezuelanos, por 2 x 1. Mas sofreu nova derrota, agora para a Argentina, por 1 x 0. Os péssimos resultados fizeram com que a Seleção Brasileira não se classificasse para as Olimpíadas. O treinador Ramon Menezes falou com a imprensa:

"A gente já falou antes desse jogo, sobre ser fracasso. A gente sai da competição muito tristes, porque não conseguimos o nosso objetivo. Sempre soubemos da nossa responsabilidade. Uma competição muito dura, que mostrou o que já tínhamos passado em outros torneios, só que antes houve final feliz. Não conseguimos sair com um final feliz.

É um campeonato muito difícil, são duas vagas. Já sabíamos disso, do contexto. É frustrante, é desagradável. Todo mundo vai sofrer aqui com o que aconteceu. Mas agora é levantar a cabeça."

Campeão brasileiro e amigo de Gabriel Jesus, ex-Verdão está esquecido na China

Culpado pelo fracasso brasileiro

Segundo os torcedores nas redes sociais, o principal culpado é Ramon Menezes. Muitos citam a grande geração que foi convocada. Endrick e John Kennedy são dois jogadores que decidiram por seus clubes em 2023, no Brasileirão e na Copa Libertadores. No entanto, o técnico da Seleção Brasileira não conseguiu aproveitar o melhor dos dois. Constantemente os tirando de campo, ou começando como reservas.


Mais notícias